Google
 

sábado, agosto 08, 2009

Serenidade Sempre - Joanna de Angelis


Serenidade Sempre

Todo homem sábio é sereno.
A serenidade é conquista que se consegue a esforço pessoal e passo a
passo.

Pequenos desafios que são superados; irritação que se faz controlada;
desafios emocionais corrigidos; vontade bem direcionada;
ambição freada, são experiências para a aquisição da serenidade.

Um Espírito sereno, já se encontrou consigo próprio, sabendo o que,
exatamente , deseja da vida.

A serenidade harmoniza, exteriorizando-se de forma agradável para os
circunstantes. Inspira confiança, acalma e propõe afeição.

O homem sereno já venceu grande parte da luta.

Que nenhuma agressão exterior te perturbe, levando-te à irritação, ao
desequilíbrio.
Mantém-te sereno em todas as realizações.
A tua paz é moeda arduamente conquistada, que não deves atirar fora por
motivos irrelevantes.

Os tesouros reais, de alto valor, são aqueles de ordem íntima, que ninguém
toma, jamais se perdem e sempre seguem com a pessoa.
Tua serenidade , tua gema preciosa.

Diante de quem te enganou, traindo a tua confiança, o teu ideal, ou
envolvendo-te em malquerença, mantém-te sereno.
O enganador é quem deve estar inquieto, e não a sua vítima.

Nunca te permitas demonstrar que foste atingido pelo petardo da maldade
alheia. No teu círculo familiar ou social sempre defrontarás com pessoas
perturbadoras, confusas e agressivas.

Não te desgastes com elas, competindo nas faixas de desequilíbrio em que
se fixam.Constituem teste à tua paciência e serenidade. Assim exercita-te
com essas situações para, mais seguro , enfrentares os grandes testemunhos
e provações do`processo evolutivo, Sempre porém com serenidade.

AUTOR : Joanna de Ângelis

Viver Feliz - Joana de Angelis

VIDA FELIZ


Com certeza não solucionarás todos os problemas do mundo.

Não obstante, podes e deves contribuir para que isto aconteça.

Se não impedes a guerra, tens recursos para evitar as discussões perturbadoras que te alcançam;

se não consegues alimentar a multidão esfaimada, possuís uma côdea de pão para oferecer a alguém;

se não dispões de saúde para brindar aos enfermos, logra socorrer um padecente;

se não solucionas os dramas humanos, concorre para acalmar uma pessoa;

se não tens meios para liderar grupos acelerando mudanças que se devem operar no mundo, modifica-te, interiormente, enobrecendo-te na ação do bem e da solidariedade.


Joanna de Ângelis

Receba por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Agregadores