Google
 

sexta-feira, outubro 30, 2009

Olimpiadas Rio 2016

 

Até o fim de 2009

1. As TVs vão entrevistar os idealizadores da candidatura, dando parabéns etc., dando a entender que todo o mundo queria a candidatura do Rio. Por todo mundo entende-se todo o planeta mesmo…

2. No réveillon os fogos vão formar o símbolo olímpico no céu de Copacabana..

3. Na Malhação, um dos personagens estará em treino para as Olimpíadas e vai dizer em todos os capítulos que competir em casa será "irado" e "sinixxxxxxtro"

Na Copa de 2010

1. Galvão Bueno durante a narração dos jogos da seleção brasileira vai dizer que a olimpíada ééééééééééééééééé do Brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrasil…

De 2010 a 2015

1. ONGs vão pipocar dizendo que apóiam o esporte, tiram crianças das ruas e as afastam das drogas. Após as olimpíadas estas ONGs desaparecerão e serão investigadas por desvio de dinheiro publico. Ninguém será preso ou indiciado.

2. Um grupo de funk vai fazer sucesso com uma música (?) que diz: vou pegar na tua tocha e você põe na minha pira; sendo que eles nunca souberam o que era uma pira até então.

3. Um ano antes a Globo vai instalar aqueles relógios ridículos na orla de Copacabana e em outras capitais fazendo a contagem regressiva pro início dos jogos.

4. Uma escola de samba vai homenagear os jogos, rimando "barão de coubertin" com "sol da manhã". Gilberto Gil virá no ultimo carro alegórico vestido de lantejoulas douradas representando o "espírito olímpico do carioca visitando a corte do Olimpo num dia de sol ao raiar do fogo da vitória".

5. Haverá um concurso pra nomear a mascote dos jogos que será um desenho misturando um índio, o sol do Rio, o Pão de Açúcar e o carnaval, criado por Hans Donner. Os finalistas serão nomes tais como: "Zé do Olimpo", "Chico Tochinha" e "Kaíque Maratoninha"

6. Luciano Huck vai eleger a Musa dos jogos, concurso que durará um ano e elegerá uma modelo chama Kathy Mileine Suellen da Silva.

7. Milhões de produtos serão anunciados como oficiais dos jogos, desde as habituais camisetas EU VOU RIO 2016 até calcinhas e lógico, biquínis que de tão pequenos terão apenas 2 dos 5 anéis olímpicos.

Abertura dos jogos

1. A tocha olímpica será roubada ao passar pela baixada fluminense. O COB vai encomendar outra em urgência pro carnavalesco da Beija flor.

2. Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e a bateria da mangueira farão um show na praia de Copacabana pra comemorar a chegada do fogo olímpico ao Rio. Por motivo de segurança, Zeca Pagodinho será impedido de ficar a menos de 500 metros da tocha.

3. Durante o percurso da tocha, os brasileiros vão invadir a rua e correr ao lado do atleta que porta a mesma carregando cartolinas cor de rosa onde se lê GALVAO FILMA NÓIS, 100% FAVELA DO RATO MOLHADO.

4. Pelé vai errar o nome do presidente do COI, discursar em inglês macarrônico elogiando o povo carioca e ao final vai tropeçar no carpete que foi colado 15 minutos antes do início da cerimônia.

5. Claudia Leite e Ivete Sangalo vão cantar o "hino das olimpíadas" composto por Latino e MC Medalha. As duas vão duelar durante a música pra aparecer mais na TV.

6. Durante o Hino Nacional Brasileiro a platéia vai errar a letra, chorar como se entendesse o que está cantando e aplaudir no final como se fosse um gol.

7. Uma brasileira vai ser filmada varias vezes com um top amarelo, um shortinho verde e a bandeira do Brasil pintada da bochecha. Depois dos jogos ela posará pra Playboy sem o top e sem o shortinho, mas com a bandeira pintada em outras partes que também começam com a letra B.

8. Por falta de gás na última hora, já que a cerimônia só foi ensaiada durante a madrugada pela primeira vez, a pira não vai funcionar. Zeca Pagodinho será o substituto temporário já que a Brahma é um dos patrocinadores. Em entrevista ao Fantástico ele dirá que não se lembra direito do fato.

9. 74 passistas de fio-dental vão iniciar a cerimônia mostrando o legado cultural do Rio ao mundo: a bala perdida, o trafico, o funk e a favela.

10. Durante os jogos de tênis a platéia brasileira vai vaiar os jogadores argentinos obrigando o árbitro a pedir silencio 774 vezes. Como ele pedirá em inglês ninguém vai entender e vai continuar vaiando. Galvão Bueno vai dizer que vaiar é bom, mas vaiar os argentinos é melhor ainda. Oscar concordará e depois

pedirá desculpas chorando no programa do Gugu.

11. Um simpático cachorro vira-lata furará o esquema de segurança invadindo o desfile da delegação jamaicana. Será carregado por um dos atletas e permanecerá no gramado do Maracanã durante toda cerimônia. Será motivo de 200 reportagens, apelidado de Marley e será adotado por uma modelo emergente que ficará com dó do pobre animalzinho e dirá que ele é gente como a gente.

12. Adriane Galisteu posará pra capa de CARAS ao lado do grande amor da sua vida, um executivo do COB, claro...

13. Os pombos soltos durante a cerimônia serão alvejados por tiros disparados por uma favela próxima e vendidos assados na saída do Maracanã por "dois real".

Durante os jogos

1. Caetano Veloso dará entrevista dizendo que o Rio é lindo, a cerimônia de abertura foi linda e que aquele negão da camiseta 74 da seleção americana de basquete é lindo...

2. Uma modelo-manequim-piranha-atriz-exBBB vai engravidar de um jogador de hóquei americano. Sua mãe vai dar entrevista na Luciana Gimenez dizendo que sua filha era virgem até ontem, apesar de ter namorado 74 homens nos últimos seis meses e que o atleta americano a seduziu com falsas promessas de vida nos EUA. Após o nascimento do bebê ela posará nua e terá um programa de fofocas numa rede de TV de menor expressão.

3. No primeiro dia, os EUA, a China e o Canadá já somarão 74 medalhas de ouro, 82 de prata e 4 de bronze. Os jornalistas brasileiros vão dizer a cada segundo que o Brasil é esperança de medalha em 200 modalidades e certeza de medalha em outras 74.

4. Faltando 3 dias para o fim dos jogos, o Brasil terá 3 medalhas de bronze e 1 de ouro, ganha por atletas desconhecidos até então num esporte tipo "caiaque em dupla". Eles vão ser idolatrados por 15 minutos (somando todas as emissoras abertas e a cabo) como exemplos de força e determinação, a Hebe vai dizer que eles são "uma gracinha" ao posar mordendo a medalha e nunca mais se ouvirá os nomes dos atletas.

5. A seleção brasileira de futebol comanda por Ronaldo Fenômeno tendo Obina como assessor vai chegar como favorita. Passara fácil pela primeira fase e entrará de salto alto na fase final, perdendo pra seleção de Sumatra por humilhantes 3X0 e tendo que disputar a medalha de bronze com um país centro-americano. Vencerá por 1X0 e não comparecerá à cerimônia de entrega das medalhas porque os jogadores inexplicavelmente tinham compromisso em seus clubes europeus.

6. A seleção americana de vôlei visitará uma escola patrocinada pelo Criança Esperança. Nenhuma criança vai entender nada do que eles falarão, mas vão rir pra valer ao aparecer na TV. Três meninos vão ganhar uma bola e um uniforme completo dos jogadores e serão encontrados mortos na semana seguinte. Os

uniformes nunca mais serão vistos.

7. Os traficantes da Rocinha vão roubar aquele pó branco que os ginastas passam na mão. Um atleta cubano será encontrado morto numa boate do Baixo Leblon depois de cheirá-lo. O COB, a fim de não atrasar as competições de ginástica vai substituir o tal pó pelo cimento que estará estocado nos fundos do ginásio

visto que as obras ainda não terão terminado, fato que será usado como desculpa pela eliminação dos ginastas brasileiros.

8. Um atleta brasileiro nunca visto antes terminará em 74º lugar na sua modalidade e roubará a cena ao levantar a camiseta mostrando outra onde se lê : JARDIM MATILDE NA VEIA!

9. Vários atletas brasileiros apontados como promessa de medalha serão eliminados logo no inicio da competição. Suas provas serão reprisadas em slow motion e 400 horas de programas de debate esportivo vão analisar os motivos das suas falhas.

10. Todos os brasileiros entenderão todas as regras de todas as modalidades que eles nunca nem ouviram falar, mas saberão na ponta da língua na hora de xingar o atleta que foi eliminado.

Após os jogos

1. Um boxeador brasileiro negro de 1,85m estrelará um filme pornô pra pagar as despesas que teve pra estar nos jogos e não obteve patrocínio.

2. Faustão entrevistará os atletas brasileiros que não ganharam medalhas (ou seja, todos). Não os deixará pronunciar uma palavra sequer, mas dirá que esses caras são exemplos no profissional tanto quanto no pessoal, amigos dos amigos, etc., etc...

quinta-feira, outubro 29, 2009

Piada- Surdo-Mudo - Advogado e a Mafia

 

Um chefão da Máfia descobriu que seu contador havia desviado dez milhões de
> dólares do caixa. O contador era surdo-mudo. Por isto fora admitido, pois
> nada poderia ouvir e, em caso de um eventual processo, não poderia depor
> como testemunha.
> Quando o chefão foi dar um arrocho nele sobre os US$10 milhões, levou junto
> sua advogada, que sabia a linguagem de sinais dos surdos-mudos..
> O chefão perguntou ao contador:
> Onde estão os U$10 milhões que você levou?
> A advogada, usando a linguagem dos sinais, transmitiu a pergunta ao
> contador, que logo respondeu (em sinais):
> Eu não sei do que vocês estão falando.
> A advogada traduziu para o chefão:
> - Ele disse não saber do que se trata.
> O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contador, gritando:
> - Pergunte a ele de novo.
> A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:
> - Ele vai te matar se você não contar onde está o dinheiro.
> O contador sinalizou em resposta:
> - OK, vocês venceram, o dinheiro está numa valise marrom de couro, que está
> enterrada no quintal da casa de meu primo Enzo, no nº 400, da Rua 26, quadra
> 8, no bairro Santa Marta!
> O mafioso perguntou para advogada:
> - O que ele disse?
> A advogada respondeu:
> - Ele disse que não tem medo de viado e que você não é macho o bastante para
> puxar o gatilho...

 

quinta-feira, outubro 15, 2009

Frase

Os tolos e os fanáticos estão sempre seguros de si, mas os sábios são cheios de dúvidas

quarta-feira, outubro 07, 2009

Frases de Mulheres e seus Significados

11 expressões usadas pelas

mulheres... e seus significados

 

Sim amigos, elas nos enrolam...

 

1 - "Certo": Esta é a palavra que as mulheres usam para encerrar uma discussão quando elas estão certas e você precisa se calar.

 

2 - "5 minutos": Se ela está se arrumando significa meia hora. "5 minutos" só são cinco minutos se esse for o prazo que ela te deu para ver o futebol antes de ajudar nas tarefas domésticas.

 

3 - "Nada": Esta é a calmaria antes da tempestade. Significa que ALGO está acontecendo e que você deve ficar atento. Discussões que começam em "Nada" normalmente terminam em "Certo".

 

4 - "Você que sabe": É um desafio, não uma permissão. Ela está te desafiando, e nessa hora você tem que saber o que ela quer...e não diga que também não sabe!

 

5 - Suspiro ALTO: Não é realmente uma palavra, é uma declaração não-verbal que frequentemente confunde os homens. Um suspiro alto significa que ela pensa que você é um idiota e que ela está imaginando porque ela está perdendo tempo parada ali discutindo com você sobre "Nada".

 

6 - "Tudo bem": Uma das mais perigosas expressões ditas por uma mulher. "Tudo bem" significa que ela quer pensar muito bem antes de decidir como e quando você vai pagar por sua mancada.

 

7 - "Obrigada": Uma mulher está agradecendo, não questione, nem desmaie. Apenas diga "por nada". (Uma colocação pessoal: é verdade, a menos que ela diga "MUITO obrigada" - isso é PURO SARCASMO e ela não está agradecendo por coisa nenhuma. Nesse caso, NÃO diga "por nada". Isso apenas provocará o "Esquece").

 

8 - "Esquece": É uma mulher dizendo "Vá se ferrar !!"

 

9 - "Deixa pra lá, EU resolvo": Outra expressão perigosa, significando que uma mulher disse várias vezes para um homem fazer algo, mas agora está fazendo ela mesma. Isso resultará no homem perguntando "o que aconteceu?". Para a resposta da mulher, consulte o item 3.

 

10 - "Precisamos conversar !": Significa que você está a 30 segundos de levar um fora...

 

11 - "Sabe, eu estive pensando...": Esta expressão até parece inofensiva, mas usualmente precede os Quatro Cavaleiros do Apocalipse...

 

Já sabe, quando você ouvir uma destas frases, previna-se!

 

 

 

terça-feira, outubro 06, 2009

LUZ no LAR



Torno, ansioso, da morte à casa que deixara...Os meus, o lar, o amor... Eis tudo o que ambiciono,Entro. Lá fora, o parque, a tristeza, o abandono...Mormaço, plenilúnio, o vento, a noite clara...
Debalde grito, corro, observo, inspeciono...Subo. Um morcego ronda pequena almenara...Nada. Ninguém me espera. A vida desertara.Tudo silêncio e pó de tapera sem dono...
Sofro desilusão que o mundo não descreve,Mas alguém abre a porta e me chama, de leve...Fito pobre mulher... Na face, o olhar sem brilho...
Conheço-a!... Minha mãe!... Quanta saudade, quanta!...Vem lembrar-me a rezar... Beijo-lhe as mãos de santa!...Ela chora e repete: “Ah! meu filho! meu filho!...


Do Livro "Luz no Lar''. Psicografia Chico Xavier - Edição FEB

Preces Espiritas

No Momento de Dormir

Senhor meu Jesus Cristo, eu vos peço, com todo o afeto do meu coração,perdoardes os erros com que neste dia vos ofendi, e usardes de indugência para comigo,dando-me ocasiãp ara me arrepender e corrigir-me trilhando a vida pelo caminho que traçastes para minha redenção. Auxiliai-me também,peço-vos,para poder fruir o natural descanso desta noite, livrando-me dos sonhos maus e perversos como as tentações doa maus espíritos que inquietam o corpo e alma, por suas más representações e enganos. Que eu possa me levantar convosco, e resucitar de minhas culpas pelo estudo da Vossa doutrinae pela prática da caridade, e assim mereça estar na vossa graça. Assim seja.

(Preces espíritas- Cairbar Schuetel)


Pedido a Deus

Senhor Deus, permiti que os bons espíritos, que nos rodeiam, venham auxiliar-nos quando sofremos e sustentar-nos quando vacilarmos. Fazei, Senhor, que eles nos inspirem a fé, a esperança e uma prova de vossa misericórdia; fazei, enfim, que encontremos junto deles as forças que nos faltavam nas rovações da vida, a fé que salva e o amor que consola.

(Preces espíritas- Cairbar Schuetel)

Prece do coração

Deus, guia-me por entre as trevas.

Ilumina meu caminho.

Dá-me forças para caminhar pelo estreito caminho da salvação.

Orienta-me para não me julgar nem pior nem melhor que nínguem.

Que nenhuma injustiça me faça injusto.

Que as gratidões não me tornem ingrato.

Que nenhuma maldade que eu venha receber me faça mal.

Que eu possa, meu Deus, preferir receber todas as injustiças e maldades a fazer uma só.

Ajuda-me a servir, mesmo nos pequenos atos, e auxilia-me a vencer o egoísmo de querer ser servido.

Ó meu Deus! que seja feliz servindo com amor, sem, contudo, esquecer de fazer a felicidade de outros.

Faze de minha vida um luminoso reflexo de sua luz !

Obrigado meu Deus !

( Do livro Mistério do sobrado- Antonio carlos)



Oração Ninho de Luz

Nos vos rogamos senhor a luz da vossa presença para que possamos ser instrumento da vossa manifestação no crescimento individual e fraterno dos nossos irmãos que ainda não conhecem a plenitude de vosso amor .

Daí-nos Senhor , conhecimento para difundir a vossa palavra , dentro dos princípios cristãos para com fé , amor e caridade melhor vos servir ! Assim seja !

( retirado do site da sensitiva Socorro Leite - www.socorroleite.com.br )

segunda-feira, outubro 05, 2009

Humor - A lua de mel

Aos 82 anos de idade, Frederico se casou com Ana, de 27 que, em consideração 
ao marido tão idoso, decide que devem dormir em quartos separados. 

Terminada a festa do casamento, cada um vai pro seu quarto. 

Ana se prepara pra deitar, quando ouve batidas fortes na porta.... 

As batidas insistem. 
Ao abrir a porta, ela se depara com Frederico, com seus 82 anos, pronto pra ação. 
Tudo corre bem e após uma relação quente e vigorosa... 
Frederico despede-se e vai pro seu quarto. 
Passados alguns minutos, Ana ouve novas batidas na porta do quarto... 
É Frederico, novamente pronto pra ação. 

Ela se surpreende, mas deixa-o entrar. 

Terminada a relação, Frederico beija-a carinhoso e despede-se, indo pra seu quarto. 

Ana se prepara pra dormir novamente, quando escuta fortes batidas na porta. 
Espantada, Ana abre e se depara com... Frederico!!! 
Mais do que pronto pra ação, com aspecto vigoroso e renovado. 

Ela diz: 
- Estou impressionada que em sua idade possa repetir a relação com esta freqüência. 
Já estive com homens com um terço de sua idade e eles se contentavam 
apenas com uma vez.. 
Você Frederico, é um grande amante! 

Desconcertado, ele pergunta: 
- Eu já estive aqui antes??? 

MORAL DA HISTÓRIA: 
O Alzheimer tem lá suas vantagens



Entenda o Mercado de Acoes

Humor – Entenda o Mercado de Ações

Uma vez, num vilarejo, apareceu um homem anunciando aos aldeões que compraria macacos por $10 cada.

Os aldeões sabendo que havia muitos macacos na região, foram à floresta e iniciaram a caça aos macacos.

O homem comprou centenas de macacos a $10 e então os aldeões diminuíram seu esforço na caça.

Aí, o homem anunciou que agora pagaria $20 por cada macaco e os aldeões renovaram seus esforços e foram novamente à caça.

Logo, os macacos foram escasseando cada vez mais e os aldeões foram desistindo da busca.

A oferta aumentou para $25 e a quantidade de macacos ficou tão pequena que já não havia mais interesse na caça.

O homem então anunciou que agora compraria cada macaco por $50.

Entretanto, como iria à cidade grande, deixaria seu assistente cuidando da compra dos macacos.

Na ausência do homem, seu assistente disse aos aldeões:

- Olhe todos estes macacos na jaula que o homem comprou. Eu posso vender por $35 a vocês e quando o homem retornar da cidade, vocês podem vender-lhe por $50 cada.

Os aldeões, espertos, pegaram todas as suas economias e compraram todos os macacos do assistente.

Eles nunca mais viram o homem ou seu assistente, somente macacos por todos os lados.

 

Agora você entendeu como funciona o Mercado de Ações?

 

 

Humor - Onde esta o pai

Rasgue a mente!


Essa nem o Mestre dos Magos acertaria a resposta..


A questão abaixo caiu na prova do ITA do ano passado, portanto aí  vai um exemplo para os que almejam estudar nas melhores universidades do país, ok?
Pura matemática.

Uma mãe é 21 anos mais velha que o filho. Daqui há 6 anos a mãe terá uma idade 5 vezes maior que o filho.
Pergunta : Onde está o pai agora?


*Há que fazer alguns cálculos para obter a resposta. Por mais incrível que pareça a resposta é dada pela matemática.


 
 
 


PENSE...


 
 
 
 
 
Solução:

Analisando Hoje :

Adotamos a idade da mãe como sendo = Y anos..

Adotamos a idade do menino como sendo =X anos..
Portanto, como a mãe é 21 anos mais velha, temos: Y = X + 21

Daqui a 6 anos, ou seja: ( Y + 6 ) e ( X + 6 )

Daqui a 6 anos a mãe terá idade 5 vezes maior que a do filho, ou seja: Y + 6 = 5 ( X + 6 )

Resolvendo a equação, temos: Y + 6 = 5 X + 30

Y = 5X + 24

Se substituirmos o valor acima de Y na primeira equação (Y = X+ 21), teremos: 5X + 24 = X + 21

5X - 1X = 21 - 24

Logo: 4X = -3

X = - 3/4

O menino tem hoje -3/4 anos, ou seja, - 9 meses (menos nove meses!!).

A resposta é lógica :

Se o menino tem exatos menos 9 meses, ele nascerá daqui a nove meses, então a resposta do problema proposto:

O PAI ESTÁ NA CAMA COM A MÃE ENQUANTO VOCE ESQUENTA A CABEÇA!!! 

 

 

quinta-feira, outubro 01, 2009

Quem foi Malba Tahan

Malba Tahan é o pseudônimo do escritor Júlio César de Mello e Souza

 

Filho de professores, cujo maior patrimônio eram os nove filhos, Júlio César nasceu

no Rio de Janeiro, no dia 06 de maio de 1895.

Freqüentava as tertúlias onde costumava contar histórias. Suas histórias tinham as

vezes muitos personagens, alguns deles com nomes esquisitos como Mardukbarian,

Protocholóski, Orônsio e outros sem função no contexto. A infância tranqüila em Queluz,

as peripécias de Júlio César e suas relações familiares foram mais tarde descritas pelo

irmão escritor João Batista, no livro Os meninos de Queluz. Aos dez anos foi enviado

pelo pai ao Rio onde deveria se preparar para o Colégio Militar. Coube a João Batista, por

ser o mais velho, a tarefa de orientá-lo e mais que isso, fazê-lo estudar. Preocupado,

escreveu certa vez ao pai informando sobre Júlio César:

Não sei como o Julinho vai se sair no exame: escreve mal e é uma negação em

matemática.

Contrariando as previsões pessimistas do irmão, Júlio César ingressou no Colégio

Militar do Rio de Janeiro em 1906, onde permaneceu até 1909 quando se transferiu para o

Colégio Pedro II.

 

Mercador de Esperanças

O dinheiro que Júlio César recebia do pai era muito pouco e assim, resolveu

aumentar a mesada, vendendo redações. Certa feita o professor mandou fazer uma

redação com o tema Esperança. Júlio César fez várias redações diferentes Vejamos o que

ele próprio diz no livro de memória

Acordaram-me de Madrugada: Na nossa turma havia uns sete ou oito que eram

marginais da cola, vadios da pior marca. Pela manhã, depois do café, vendi as quatro

esperanças a quatrocentos reis cada uma! Como mercador de esperanças o meu êxito,

naquele dia foi espantoso.

A partir de então passou a escrever sob encomenda e vender esperanças, ódios,

saudades...

Anos depois, encontrou o professor Silva Ramos, seu ex-professor e sua vítima que

o apresentou a Raul Pederneiras, como mercador de redações. Pederneiras o repreendeu:

Você vendia redações de ódios e de esperanças!. Despreze o ódio. Continue, sempre que

for possível a vender a esperança pela vida. Adote um profissão poética: Mercador de

Esperança, que na venda da esperança ganha o Comprador e muito mais o Vendedor.

 

Início da carreira de professor

Júlio César não foi bom aluno de matemática no Colégio Pedro II: chegou a tirar

dois em uma sabatina de álgebra e cinco em uma prova de aritmética. Criticava

veementemente a didática da época que classificava como o detestável método de

salivação.

Vocacionado para o magistério, concluiu o curso de professor primário na Escola

Normal do antigo Distrito Federal e, depois diplomou-se em Engenharia Civil pela

Escola Politécnica em 1913.

Iniciou suas atividades profissionais como servente e auxiliar interino da Biblioteca

Nacional, privilegiada oportunidade de conviver com milhares de livros. A sua carreira

de professor começou nas turmas suplementares do Externato do Colégio Pedro II.

Depois, assumiu a docência na Escola Normal. Lecionou para menores carentes. Tornouse

mais tarde catedrático do Colégio Pedro II, do Instituto de Educação, da Escola

Normal da Universidade do Brasil e da Faculdade Nacional de Educação, onde recebeu o

título de Prof. Emérito.

Nas aulas, trabalhava com estudo dirigido, manipulação de objetos e propôs a

criação de laboratórios de matemática em todas as escolas.

Em seu depoimento no Museu da Imagem e do Som, Júlio César admitiu não dar

zeros:Por que dar zeros, se há tantos números? Dar zero é uma tolice.

 

Nasce Malba Tahan

Em 1919 Júlio César, depois de tentar inutilmente publicar alguns artigos seus, no

jornal O Imparcial onde trabalhava, convenceu o editor a publicar os artigos de um certo

R. S. Slade, que, segundo ele, estava fazendo enorme sucesso nos Estados Unidos. O

primeiro de todos os artigos publicados com o pseudônimo R.S. Slade foi A vingança do

Judeu. Entre 1918 e 1925, Júlio César estudou árabe, leu o Talmude e o Corão, estudou

História e Geografia do Oriente e, combinado com Irineu Marinho, do jornal A NOITE,

criou o personagem Ali Iezid Izz-Eduim Ibn Salim Hank Malba Tahan.

O personagem nasceu em 1885 na Arábia Saudita, e bastante jovem foi prefeito

(queimaçã) de El Medina. Com a herança do pai, Tahan ficou riquíssimo e viajou por

vários países como a Rússia, a Índia e o Japão, morrendo em 1921, na luta pela libertação

de uma tribo na Arábia Central. Para maior verossimilhança foi criado também um

"tradutor" para a obra de Tahan, o professor Breno de Alencar Bianco. O jornal começou

a publicação dos CONTOS DE MALBA TAHAN com a biografia do suposto autor. O

nome Tahan foi tirado do sobrenome de uma de suas alunas (Maria Zachsuk Tahan) e

significa moleiro. O nome Malba significaria oásis. A mudança de nome tornou-o tão

famoso que o presidente Getúlio Vargas autorizou-o a usar o nome Malba Tahan na sua

cédula de identidade.

 

O Homem que calculava

Júlio César só saiu do Brasil para visitar Lisboa, Montevidéu e Buenos Aires:

jamais esteve no Oriente, jamais viu um deserto!

Com o pseudônimo de Malba Tahan publicou cerca de 56 livros. Sua obra é

bastante diversificada: trata de matemática, didática, contos orientais, contos infantis,

teatro, moral religiosa, temas brasileiros, etc. O livro preferido de Malba Tahan era a

Sombra do Arco-íris mas, o seu livro mais famoso é O Homem que Calculava, que conta

a história de um árabe que usa a matemática para resolver qualquer tipo de problema. A

obra foi premiada pela Academia Brasileira de Letras.

 

Justiça!

Durante seus quase oitenta anos ministrou cursos e ministrou mais de duas mil

palestras para professores e estudantes, especialmente normalistas. Em 1954 esteve em

Fortaleza proferindo palestras no Colégio Militar, no Instituto de Educação e no Clube

Líbano.

Julio César foi ainda apresentador de programa nas rádios Nacional, Clube e

Mairynk Veiga do Rio e da TV Tupi (Rio) e Canal 2 (atual TVC - São Paulo).

O Brasil não tem feito justiça ao grande matemático. No ano do centenário de seu

nascimento apenas as Revistas Superinteressante e Nova Escola lhe homenagearam. Seu

livro mais famoso, o Homem que Calculava, que já ultrapassou a 45ª edição, vendeu mais

de dois milhões de exemplares, foi traduzido para o alemão, o inglês, nos Estados Unidos

e na Inglaterra, o Italiano, o espanhol e o catalão. O Homem que Calculava é indicado

como livro paradidático em vários países, citado na Revista Book Report e em várias

publicações do gênero.

 

Um Pioneiro

Malba Tahan foi o precursor do de uma nova tendência que se afirma com vigor e

tem adeptos em todo o Brasil: a Educação Matemática. Pioneiramente trabalhou com a

História da Matemática, defendeu com veemência a resolução de exercícios sem o uso

mecânico de fórmulas, valorizando o raciocínio e utilizou atividades lúdicas para o ensino

da matemática. Muito antes de se tratar no País da interdisciplinaridade, Malba Tahan

preocupou-se com a unificação das ciências como demonstra na sua tese, o professor John

Conway da Universidade de Princeton. Sua obra tem sido objeto de diversas teses no

exterior e comentada pela Revista Science (1993) e pela Profa. Rossana Taziolli da Societá

Italiana di Scienze Matematiche e Fisiche.

 

Uassalã

Malba Tahan ocupou a cadeira número 8 da Academia Pernambucana de Letras, é

nome de escola no Rio de Janeiro. A homenagem mais importante foi prestada pela

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro instituindo o dia do matemático na data de seu

nascimento, dia 06 de maio.

Privados da presença do grande mestre há um quarto de século, confortamo-nos

com o seu precioso legado, inequívoca contribuição para a difusão da ciência e a

desmistificação da matemática .

Que Allah o tenha em sua glória, ulemá Tahan!

Uassalã!

 

A morte do mestre

 

Antes de morrer, o escritor Malha Tahan pediu que seu enterro fosse feito

num caixão de terceira classe, sem homenagens, flores ou coroas. A humildade

foi uma constante na vida desse homem que escreveu tanto sobre os árabes e

nunca foi ao Oriente Médio. Carioca de família pobre e numerosa, Júlio César de

Melo e Sousa nasceu no dia 6 de maio de 1895, e ainda menino já vendia

composições prontas a colegas preguiçosos, no Colégio Pedro II. Escrever, desde

então, sempre foi sua especialidade: são, ao todo, cento e quinze obras, entre

livros de matemática e de contos juvenis - “O Homem que Calculava”, “História

sem fim”, “Céu de Allah”, “Mártires da Armênia” -, que fascinaram pelo menos

três gerações de adolescentes.

Ao adotar o pseudônimo de Malha Tahan, criou uma biografia para o

“famoso escritor árabe”, nascido na aldeia de Mazalit, nas proximidades da

antiga cidade de Meca, e cujo nome completo era Ali Iezid Izz-Edim ibn Salim

Hank Malba Tahan. Formado em engenharia civil, Melo e Sousa preferiu

dedicar-se ao magistério e à literatura. Lecionou no Instituto de Educação do Rio

de Janeiro, onde instituiu uma nova disciplina, a arte de contar histórias, para o

aperfeiçoamento dos professores. Foi educador no Serviço Nacional de

Assistência aos Menores e catedrático de matemática do Colégio Pedro II, da

Escola Nacional de Belas-Artes e da Faculdade Nacional de Arquitetura.

Para o professor Lauro de Oliveira Lima, Malba Tahan “era o showman

da pedagogia. Popularizou a matemática em livros deliciosos, usados ainda

hoje. Suas aulas de didática eram um verdadeiro espetáculo. Creio que ficará

pouco de sua didática, pois sua didática era ele próprio. Acho que seu nome

ficará como o contador de lindas histórias e como lembrança de um homem

cheio de generosidade”.

 

Depois de esquecidos durante algum tempo, seus livros voltaram a circular

a partir de 1984, e certamente irão encantar a nova geração. Esse homem, que

contava com a admiração integral de um mestre da literatura infanto-juvenil,

Monteiro Lobato, morreu em Recife, de enfarte, a 18 de junho de 1974.

Traduzido para o espanhol e o inglês, “O Homem que Calculava” foi premiado

pela Academia Brasileira de Letras. Trata-se de um livro muito original, que

revela o profundo conhecedor da cultura do Islã e da ciência matemática. Em

seus livros, triunfa uma visão que faz da ciência uma aventura tão maravilhosa

quanto a mais imaginosa obra de ficção.

 

Extraído da versão digital do Livro “O Homem Que Calculava” de Malba Tahan

 

Receba por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Agregadores