Google
 

terça-feira, outubro 05, 2010

Respostas da Vida - Chico Xavier

 

Livro: Respostas da Vida

André Luiz & Francisco Cândido Xavier

 

 

 

Não subestime as chamadas "pequenas doações".

O prato frugal que você oferece ao necessitado será provavelmente o recurso de que precisa a fim de liberar-se dos últimos riscos da inanição.

A peça de vestuário que você entregou ao companheiro em penúria terá representado o apoio providencial com que se livrou de moléstia grave.

A reduzida poção de remédio que conseguiu você doar em favor de um doente foi talvez o socorro que o auxiliou a desviar-se do derradeiro corredor em que resvalaria para a morte.

A visita rápida que você levou. ao enfermo pode ter sido o estímulo inesperado que o arrancou do desânimo para os primeiros passos, em demanda ao levantamento das próprias forças.

O bilhete ligeiro que você endereçou ao irmão em dificuldade ofertando-lhe reconforto, possivelmente se transformou na âncora em que haverá retomado o acesso à esperança.

O minuto de tolerância com que você suportou a exigência de uma pessoa, em difícil conversação, haverá sido aquele que a ajudou a descompromissar-se com um encontro desagradável ou com determinado acidente.

Algumas poucas frases num diálogo construtivo serão o veículo pelo qual o seu interlocutor evitará render-se a idéias de suicídio ou delinqüência.

Os seus instantes de silêncio caridoso, à frente desse ou daquele agressor, significarão o amparo de que não prescinde, a fim de aceitar a necessidade da própria renovação.

Não menospreze o valor das minidoações.

O seu concurso supostamente insignificante pode ser o ingrediente complementar que esteja faltando em valiosa peça de salvação.

segunda-feira, outubro 04, 2010

Ponto de Apoio -Emmanuel e Chico Xavier

Ponto de Apoio

 

Livro: Pronto Socorro

 

Ainda que não disponhas de tempo e recursos, não hostilizes a ninguém.

Auxilia aos semelhantes, quanto puderes, e quando não possas fazer aquilo que se te pede, abençoa e passa.

Cada criatura, na essência, é uma porta pela qual o Amor Infinito pode manifestar-se.

Muitas vezes, a pessoa que hoje menosprezamos, amanhã será o ponto de apoio pelo qual necessitaremos do socorro de Deus.

sexta-feira, outubro 01, 2010

Piada - O taxi e a gostosona

 

O camarada estava andando de táxi quando o motorista disse:
- Olha que mulherão! Nossa, ela é um avião!
E o passageiro respondeu, gritando:
- Feia!
O motorista:
- Feia nada! Ela é gostosona prá caramba!
E o passageiro, de novo:
- Feia!!! Feia!!!
- Que feia o quê! Tá louco? - retrucou o motorista.
E o passageiro, aos berros:
- Feia!... Feia!... Feia!.... Feiiiiiia...!!!
O motorista, que não estava olhando para a frente, mas vendo a gostosa, deu uma puta batida no carro da frente.
Ficou louco da vida e exclamou:
- Pô, cara! Você viu que eu ia bater!!! Por que não me avisou?
E o passageiro , histérico:
- Aralho! Eu ava alando há ua hora: feia, feia, feiiia, e ocê não
feiô. É urdo é? Ilho da uta!

Á à erda!!...

Receba por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Agregadores