Google
 

quinta-feira, junho 24, 2010

Qual o batimento cardíaco ideal?

Limites máximos e mínimos para batimentos cardíacos


O coração de um jovem saudável, entre 15 e 20 anos, costuma bater no mínimo 60 e no máximo 90 vezes por minuto. Mas se esporadicamente sua freqüência cardíaca ultrapassa ou cai abaixo de tal faixa, isso não quer dizer que você tem algum tipo de doença. "O coração está ligado ao cérebro e ao corpo por estímulos nervosos e são eles que dizem o quanto ele precisa trabalhar", afirma o cardiologista Antônio Carlos Carvalho, da Unifesp. Em algumas pessoas, o nervo simpático (que libera adrenalina) atua com mais força, fazendo com que o indivíduo perceba mais facilmente quando o coração acelera. Em outras pessoas, a atuação do nervo vago (que breca os batimentos) é mais percebida. Basta uma situação que estimule um dos dois nervos e pronto. Quando você está malhando, por exemplo, sua freqüência cardíaca pode chegar a 150 ou 160 bpm (batimentos por minuto) sem que isso represente uma ameaça à saúde. Agora imagine que você está no milésimo sono. Deitadão na cama, sem se mexer ou fazer qualquer esforço, seu metabolismo é muito menos intenso e seu cérebro praticamente desliga. Por que seu coração iria disparar? Enquanto dormimos, é normal nossa freqüência cardíaca chegar aos 40 bpm, também sem causar nenhum problema. Afinal você sempre acorda bem no dia seguinte, não? Outro fator que influencia muito a freqüência cardíaca é a idade. Um recém-nascido tem entre 120 e 140 bpm, pois seus sistemas de regulação do sistema circulatório ainda não estão bem desenvolvidos. A freqüência cardíaca maior ajuda a fornecer mais oxigênio ao coração dos bebês. Conforme eles crescem, os batimentos vão diminuindo. Décadas mais tarde, na velhice, os batimentos provavelmente serão mais espaçados ainda, numa faixa entre 50 e 80 bpm.


Cada coração tem sua cadência, mas alterações bruscas podem levar à morte. Uma freqüência cardíaca muito baixa faz com que menos oxigênio circule pelo corpo.
Com você deitado e quieto, ou mesmo dormindo, é provável que não haja nenhum problema se seu coração estiver com apenas 30 bpm. Mas essa freqüência com você desperto, em pé, pode provocar desmaios e, em casos extremos, levar à morte.


Limite ideal
Para um jovem saudável, a freqüência normal fica entre 60 e 90 bpm.
Mas um atleta, por exemplo, pode ter uma freqüência de 40 bpm e isso ser absolutamente normal.
É que o coração dele é muito eficiente: cada bombeada entrega ao corpo bem mais sangue que o normal, por isso ele precisa bater menos vezes.
O coração tem dois movimentos: a diástole (quando o órgão se enche de sangue) e a sístole (quando o sangue é bombeado para o corpo).
Quando o coração acelera, ele encurta a diástole. Assim, o órgão envia menos sangue para o corpo, causando cansaço e desmaios.
Uma freqüência cardíaca perto dos 180 bpm é sinal de alerta total e perigo de morte


Cuidados ao Iniciar Atividade Esportiva


Todo indivíduo que deseja iniciar atividades esportivas deve fazer um teste de esforço chamado teste ergoespirométrico.
Esse teste é capaz de fazer uma análise médica da condição cardiovascular e também uma avaliação física que determina a capacidade aeróbia (dada pelo consumo de oxigênio máximo ou VO2 máximo) e dos limiares ventilatórios (faixas de batimentos cardíacos que servem de referência para treinamentos).
A capacidade máxima de oxigenação é medida pelo VO2 máximo.


Frequência Cardíaca

Ela indica o nível de aptidão física para a realização de atividades que exijam resistência cardiovascular como as corridas.
Quanto maior o VO2 máximo, maior a resistência.


É muito importante controlar a freqüência cardíaca (FC) durante os exercícios para que estes sejam executados de maneira segura e eficiente, melhorando o nível de condicionamento do indivíduo.


A medição dos batimentos cardíacos pode ser feita manualmente ou através de pulsômetros ou freqüencímetros (relógios que possuem uma fita torácica com sensores e transmissores que indicam os batimentos cardíacos).
O controle da intensidade da atividade física, inclusive no meio de competições, é de extrema importância.
A freqüência cardíaca máxima está relacionada também à idade da pessoa.
Com o passar dos anos, o número de batimentos cardíacos máximo vai diminuindo (cerca de 10 batimentos por minuto por década).
Quem não tem um freqüencímetro pode improvisar medindo a freqüência cardíaca com as mãos.
Basta colocar os dedos indicador e médio da mão esquerda na artéria radial (região do pulso direito, abaixo do dedão) que é o mais utilizado.
Ou colocar os dedos indicador e médio na artéria carótida na região do pescoço e contar as pulsações durante 10 segundos e multiplicar por 6
ou contar as pulsações durante 15 segundos e multiplicar por 4, para indicar os batimentos cardíacos em 1 minuto.


A freqüência cardíaca abaixa rapidamente após o esforço, estabilizando-se em média depois de 3 minutos, tempo que pode variar de acordo com o grau de esforço e condicionamento.


Alguns fatores podem interferir na medição da FC:
"              Posição do corpo: deitado ou imerso na água a FC é mais baixa do que em pé.
"              Temperatura: quanto mais alta a temperatura, mais alta a FC.
"              Sexo: as mulheres tem a FC geralmente de 5 a 7 bpm mais elevada que os homens com o mesmo condicionamento físico.
"              Estado de ânimo: quanto mais tensão tiver o indivíduo, mais alta será a sua FC.
"              Quem fuma ou ingere bebida com cafeína tem a FC aumentada.




Fonte: Marcelo Bertolami, cardiologista do Instituto Dante Pazzanese (SP), mundoestranho.abril.com e terra.com



5 comentários:

  1. Anônimo7:44 PM

    eu tenho 16 anos e meus batimentos são 40 , não pratico nenhum esporte

    ResponderExcluir
  2. Procure uma atividade física para fortalecer mas seu coração

    ResponderExcluir
  3. Anônimo10:35 AM

    Nas atividades sexuais de um homem com maid de 65 anos quanti seria o limite máximo de batimentos cardiacos considerado seguro.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo11:20 AM

    eu tenho 15 anos e meus batimentos variao entre 90a 109 sem mais nem menos e fico cansada as vezes ,
    vou a escola de baike asselera mais ainda mesmo indo devagar

    ResponderExcluir
  5. Anônimo7:32 PM

    Olá tudo bem, aferi a pressão de minha esposa e deu 850/530 e o batimento cardíaco deu 65, sei que a pressão arteria esta muito baixa, quero saber a respeito dos batimentos, é normal pra idade dela 42 anos?

    ResponderExcluir

Você assume total reponsabilidade pelos comentários aqui postados. Não serão tolerados comentários ofensivos a qualquer pessoa tampouco palavras de baixo calão. Todos comentários serão moderados e sujeitos a aprovação.

Receba por E-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Agregadores